Pages Menu
Categories Menu

Postado em 15/11/2011 em Ponteiros de Luxo | 0 comentários

A origem dos relógios naturais

A origem dos relógios naturais

Historiadores divergem sobre a origem do relógio. Alguns defendem que o primeiro relógio foi criado na Judéia em 600 a.C, já para outros, a invenção teria surgido no Egito em 1.500 a.C.

A única convicção dos historiadores é a de que os primeiros relógios tenham sido criados com recursos naturais do nosso planeta.

Provavelmente, o primeiro tipo de relógio natural criado tenha sido o relógio de sol, no qual é possível observar a hora através do modo como a luz solar incidia na terra em diferentes posições.

Para isso, o relógio de sol possui uma peça, denominada gnomon, que possibilita a projeção da sombra.

 

Relógio de Sol

 

Porém, o relógio do sol apresentava um problema: não funcionava à noite nem com o tempo nublado, já que não haveria luz para a diferenciação das horas.

Para solucionar esse problema, foi criada a clepsidra, que é um relógio movido a água, e a ampulheta, relógio à base de areia.

 

 

Clepsidra

 

Diz-se que a clepsidra mais antiga foi encontrada em Kamak, no Egito, durante o reinado de Amenhotep III. Também foram encontrados exemplares na Grécia antiga, em 500 a.C.

A clepsidra possui dois recipientes posicionados de modo que o superior despeje o seu líquido no inferior através de uma abertura parcial.

 

Ampulheta

 

Já a ampulheta é constituída por dois recipientes cônicos e/ou cilíndricos, as ambulas, ligadas por um pequeno orifício. Essas são transparentes e nos permitem visualizar a transferência da areia de um lado para o outro da ampulheta.

Ambos possuem o mesmo princípio: a constância do tempo ao escoar uma substância de um local para outro através de um orifício.

Responder o comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


*